logo catedra

VI Jornadas de Língua Portuguesa - Investigação e Ensino

 Apresentação pública da obra O ILHÉU DE CABO VERDE

OFICINA| CABARÓ DJITO TEM - Badju Kurida - Iniciação ao Jogo Dramático

OFICINA| Interação oral e métodos ativos na aula de Língua Portuguesa

Oficina| Expressão Vocal e Comunicação

Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa

CETLP

Notícias / Arquivo
Língua cabo-verdiana: desconstruindo mitos

Língua cabo-verdiana: desconstruindo mitos

26 agosto 2020
Considerando a consolidação de uma ação para a sensibilização e a educação lingu...
Doutoramento| Professora Doutora Maria Goreti Freire

Doutoramento| Professora Doutora Maria Goreti Freire

25 agosto 2020
No passado dia 17 de julho, decorreram as provas públicas de defesa de Doutorame...
A Educação em Contextos Multilingues nos PALOP - Avanços e Caminhos para o Ensino da Língua Portuguesa

A Educação em Contextos Multilingues nos PALOP - Avanços e Caminhos para o Ensino da Língua Portuguesa

25 agosto 2020
A Educação em Contextos Multilingues nos PALOP - Avanços e Caminhos para o Ensi...
VI Jornadas de Língua Portuguesa - Investigação e Ensino

VI Jornadas de Língua Portuguesa - Investigação e Ensino

25 agosto 2020
A Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa - unidade de investigação cocria...
Objetivos da Cátedra
  • Desenvolver a investigação e a reflexão crítica na área dos estudos sobre o Português, com o estatuto de Língua Segunda (L2) e Língua Estrangeira (LE);
  • Aprovar, coordenar e apoiar projetos de investigação em Linguística, Literatura, Didática, Cultura dessa língua e domínios afins como a Comunicação nela expressa;
  • Dinamizar a formação contínua de professores de Português, a nível do Ensino Básico e do Ensino Secundário;
  • Promover a cooperação com outras instituições de investigação, nacionais e estrangeiras, nos campos específicos de estudo;
  • Apoiar projetos de licenciatura, mestrado ou doutoramento;
  • Prestar serviços de assessoria e consultoria à comunidade.
Eugénio Tavares

Eugénio Tavares

Eugénio Tavares foi a figura cimeira da vida cultural, política e social de Cabo Verde entre 1890 e 1930. Durante essas 3 décadas, ele dominou em todas as áreas a cultura do seu povo tendo sido o seu maior interprete até aos nosso dias. A sua vastissíma obra vai da poesia à música, da retórica à ficção, passando pelos ensaios. Durante a festa da língua portuguesa em Sintra, Corsino Fortes, poeta e antigo embaixador de Cabo Verde em Portugal, intitula-o de "Camões de Cabo Verde" e realça Eugénio Tavares de fazedor de opinião numa enorme dimensão de pensador.


© Cátedra Eugénio Tavares - 2020. Design de Joemidia